Bem-Estar Avícola: Sistemas alternativos de produção de ovos

O sistema de criação de galinhas em gaiolas viabilizou o aumento do consumo e transformou o ovo em uma das principais fontes de proteína animal a um preço acessível a toda população brasileira, porém este sistema de produção tem sido reconhecido como causador de prejuízos ao conforto físico e à expressão de comportamentos naturais dos animais.

A tendência para consumo de ovos provindo de galinhas criadas soltas está influenciando os consumidores no Brasil, que estão mais preocupados com o bem-estar animal. Acreditam que as aves precisam ficar soltas, ciscar, tomar banhos de areia, bater as asas, botar ovos em ninhos e andar livremente para expressar seu comportamento natural, e estão dispostos a pagar um pouco mais por um produto diferenciado como esse.

Por esta razão, tecnologias de alojamento sem gaiolas para granjas comerciais de galinhas poedeiras estão se revelando uma oportunidade de negócios de grande potencial no Brasil, já que hoje mais de 95% das granjas ainda operam com sistemas convencionais. Desta forma, novos sistemas vêm sendo propostos para melhorar as condições de vida das galinhas poedeiras.

Cage free, free range, sistema caipira e criação orgânica. Ao abordar as vantagens e desvantagens que cada sistema de criação de poedeiras possui, Jessica Russo, nutricionista de aves na Agroceres Multimix, evidencia detalhes importantes sobre os ovos que você consome.

Confira:

Nutrição Animal – Agroceres Multimix

Jéssica Russo

Jéssica Russo

Jessica Conteçote Russo é nutricionista de aves de postura na Agroceres Multimix.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *