Cuidando da cria: aspectos nutricionais relacionados à reprodução de fêmeas

Já pensou no valor que as fêmeas do rebanho possuem em seu sistema de produção?

Sem dúvida, bons índices reprodutivos apresentam relação direta com o lucro, em vários aspectos. Garantir bom escore de condição corporal ao parto é o segredo para que as fêmeas voltem a ciclar, resultando em bezerros mais saudáveis no futuro. Um bom escore corporal é a melhor maneira de colocar a máquina de volta à pista de corrida.

Analogias a parte, uma cria rentável é aquela que gera mais bezerros (do cedo), refletindo em menor custo de produção. Não é uma tarefa fácil investir em todo o rebanho, por isso, é preciso direcionar maiores cuidados aqueles animais que realmente demandam, dando atenção específica para cada lote.

Essa foi uma das ações adotadas na Fazenda Floresta, da JP Agronegócio, em Três Lagoas/MS, que permitiu ranqueá-la, no ano de 2018, entre as Top 20% melhores fazendas em resultado de IATF – em multíparas – segundo levantamento do grupo Gerar.

Com o auxílio da Agroceres Multimix, a adoção de estratégias nutricionais voltadas a construção do escore corporal ao parto, resultou em um incremento de produtividade em tempo recorde. O resultado de tudo isso: mais bezerros, utilizando os mesmos recursos.

Para conferir mais detalhes sobre esse case de sucesso, basta clicar no vídeo abaixo:

Nutrição Animal – Agroceres Multimix

Matheus Moretti

Matheus Moretti

Matheus Moretti é Gestor Técnico de bovinos de corte na Agroceres Multimix

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *