Fornecimento de sucedâneo lácteo para bezerras de leite

O sucedâneo lácteo, apesar de parecer um nome complicado, nada mais é do que um substituto do leite para as bezerras em fase de aleitamento.

Em se tratando de nutrição animal, uma prática bastante comum no Brasil é o fornecimento de leite de descarte (aquele proveniente de mastites, ou seja, com alta carga bacteriana e resíduos de antibióticos). Entretanto, trata-se de um assunto que gera polêmicas em relação à biossegurança e sanidade das futuras produtoras de leite na propriedade.

Os sucedâneos apresentam vantagens diretas, tanto para os animais, quanto para o produtor. Dentre estas vantagens, destacam-se:
• Economia devido ao menor preço quando comparado com o leite integral;
• Possibilidade de aumento da quantidade de leite a ser comercializado;
• Fornecimento de uma dieta líquida com composição sempre constante e com controle de contaminação e bacteriana;
• Independência do aleitamento com os horários de ordenha, facilitando operacionalização.

Diversos sucedâneos do mercado apresentam custo reduzido devido a utilização de fontes proteicas de baixo custo. Porém, estas normalmente possuem baixa digestibilidade para as bezerras, que ainda não têm enzimas capazes de digeri-las, e resultam em problemas de desempenho dos animais.

Muita atenção, portanto, deve ser dada ao rótulo dos produtos, onde estão estampados os ingredientes que compõem o sucedâneo, bem como os níveis de garantia.
Cuidado: produtos baratos nem sempre são sinônimos de redução de custo!

Acompanhe na íntegra o vídeo do Consultor de Serviços Técnicos da Agroceres Multimix, Luiz Henrique.

Nutrição Animal - Agroceres Multimix

Agroceres Multimix. Muito Mais Que Nutrição

Luiz Henrique

Luiz Henrique

Luiz Henrique Oliveira Silva é Consultor de Serviços Técnicos de bovinos de leite na Agroceres Multimix

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


+ 9 = 14