Geração agPastto – Da teoria à prática: Ajustes operacionais para cada tipo de suplementação

Produtividade. O objetivo da pecuária de corte hoje é produzir carne com eficiência e, para isso, podemos contar com algumas ferramentas como, por exemplo, a suplementação a pasto.

A variedade existe: mineral enriquecido, proteinado, proteico energético e ração. Qual é a melhor estratégia?

Para responder essa pergunta é necessário olhar porteira a dentro e considerar algumas questões operacionais e estruturais. Tamanho de cocho, fornecimento, cobertura de cocho, são alguns fatores que podem definir o sucesso da suplementação.

A suplementação é uma ferramenta, e como toda ferramenta, só pode ser usada corretamente nas “peças corretas”. A dica é simples, mas a realidade é outra. Por isso, Matheus Moretti, gestor técnico de bovinos de corte da Agroceres Multimix, e o pesquisador da APTA de Colina/SP, Gustavo Siqueira, discutem nesta sequência de vídeos os caminhos para a adoção de cada tipo de suplementação.

Confira:

Mineral Enriquecido

Proteinado

Proteico Energético

Ração para Recria Intensiva

Nutrição Animal – Agroceres Multimix

Matheus Moretti

Matheus Moretti

Matheus Moretti é Gestor Técnico de bovinos de corte na Agroceres Multimix

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *